UMUARAMA/PR

Anvisa aprova venda de remédios à base de maconha, mas rejeita cultivo

Anvisa aprova venda de remédios à base de maconha, mas rejeita cultivo

Foi aprovado nesta terça-feira, regulamentar o registro de medicamentos à base de cannabis.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu por unanimidade, nesta terça-feira, regulamentar o registro de medicamentos à base de cannabis. A norma entrará em vigor 90 dias após a publicação e deverá ser revista três anos após a publicação no Diário Oficial.

A diretoria da agência decidiu, no entanto, arquivar a proposta de resolução que previa autorizar o  plantio de maconha  por empresas para fins medicinais . A proposta do relator foi rejeitada por três votos a um. O único conselheiro a votar a favor foi o diretor-presidente, William Dib.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A discussão sobre o tema começou em 2014 na agência, mas só chegou ao plenário da Diretoria Colegiada neste ano. O debate foi concluído após interrupção temporária, depois que dois conselheiros, Fernando Mendes e Antonio Barra, pediram vista. Relator das propostas, William Dib já havia votado a favor da regulamentação desses temas.

Durante os três anos ao longo dos quais a regra estará valendo, os compostos feitos com cannabis serão enquadrados em uma classificação especial chamada “produtos à base de cannabis”, sujeitos à regulação da Anvisa.

Segundo a agência, eles ainda não podem ser definidos como “medicamentos”, porque não há comprovações científicas suficientes sobre a eficácia e a segurança desses produtos.

O diretor Fernando Mendes propôs um texto substitutivo para a medida de regulamentação incluindo esse modelo alternativo para a classificação desses produtos com o objetivo de evitar a fragilização no processo de autorização de outros tipos de medicamentos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Veja também

Auxílio emergencial chega a R$ 207,9 bi para 67,2 milhões de pessoas

A Caixa alcança hoje (25) a marca de 304,5 milhões de pagamentos do...

Estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no cadastro do Enem

Até 23h59 (horário de Brasília) do dia 1º de outubro, inscritos no Exame...

Jovem mata namorado com agulha de narguilé após briga por pastel

Nicole Maria, de 19 anos, é suspeita de matar o namorado, Adailton Gomes,...

MEC disponibiliza R$ 525 milhões para retorno das aulas presenciais

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, informou na última quinta-feira (17), que o...

Mais notícias

Três pessoas são mortas na noite de sexta-feira em Goioerê

Três pessoas foram mortas a tiros na noite desta sexta-feira (25) em Goioerê. Crime aconteceu na Avenida...

Acompanhada de clipe, Vitão lança a música ‘California’

Vitão vem se mostrando ser um cantor incansável e com uma grande bagagem musical. O artista, de apenas...

“Sem Você”, é o novo lançamento da dupla Edson e Hudson

Poucos artistas cantaram o amor como Edson e Hudson. Ao longo dos anos, os irmãos colecionaram hits...

Atlético-GO marca no fim e elimina Fluminense da Copa do Brasil

Com amplo domínio da partida, o Atlético-GO sufocou o Fluminense do início ao fim e saiu de...