quinta-feira, 27/02/2020

Com técnico longevo, Operário busca surpreender na temporada

Com técnico longevo, Operário busca surpreender na temporada

Gerson Gusmão comanda a equipe de Ponta Grossa desde 2016.

O ano de 2019 foi importante para o Operário de Ponta Grossa. O clube voltou à Serie B após 28 anos e, ao contrário das expectativas, brigou na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro durante todo o torneio, e terminou na décima colocação, com 50 pontos. Na mesma temporada, o clube também inaugurou seu moderno Centro de Treinamento, em parceria com a Universidade Estadual de Ponta Grossa.

PUBLICIDADE

Em 2020, a meta da diretoria é manter o processo de reestruturação do Fantasma, projeto iniciado no meio da década passada, quando Gerson Gusmão assumiu o cargo de técnico, em 2016. O primeiro desafio é o Paranaense deste ano, em que o clube pretende brigar de frente com o Trio de Ferro da capital.

O treinador de 45 anos conversou com a Banda B e trouxe detalhes da preparação para a pré-temporada que, segundo ele, começou em dezembro do ano passado. “Em 2020 teremos apenas 20 dias de preparação pois, ao contrário dos outros anos, tivemos calendário até dezembro, pela Série B. Então antecipamos a apresentação de alguns atletas para dezembro e o trabalho tem funcionado muito bem. Quem chegou tem assimilado nossas ideias e estamos também utilizando nosso centro de treinamento pela primeira vez, o que é muito é importante para o crescimento do clube”, afirmou.

Na tarde de ontem, o alvinegro disputou um amistoso, contra o Londrina, e perdeu por 2×1. Douglas Coutinho, emprestado pelo Athletico, marcou o gol do Operário. “Até o fim da semana, realizaremos três jogos-treino para a preparação”, relatou Gerson Gusmão à reportagem.

Reforços

A ‘Era Gusmão’ trouxe ao time de Vila Oficinas o título paranaense de 2015 e as conquistas dos campeonatos brasileiros brasileiros das séries D e C, em 2017 e 2018. Para continuar com o sucesso do projeto, o Operário trouxe nove jogadores, muitos deles conhecidos do futebol paranaense.

“Trouxemos o lateral Sávio (ex-Coritiba), o zagueiro Rafael Bonfim, revelado pelo Coritiba, o atacante Douglas Coutinho, que veio por empréstimo do Athletico, além do zagueiro Douglas Nascimento (ex-São Bernardo), do lateral esquerdo Danilo (ex-Cuiabá), o meia Thomaz Bastos (ex-Coritiba e J Malucelli)”, contou o técnico.

Outros reforços do Fantasma são dois paraguaios: o meia Cristhian Aguada, negociado pelo Deportivo Capiatá, e o atacante Hector Bustamante, que disputou a Série A pelo CSA.

O Operário estreia no dia 19 de janeiro (domingo), contra o Cascavel CR, às 18h, no Estádio Germano Kruger.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.
 
error: