UMUARAMA/ PR

Obras na avenida Portugal em Umuarama ganha ritmo acelerado

Obras na avenida Portugal em Umuarama ganha ritmo acelerado

Projeto foi elaborado de acordo com o tráfego que circula pela avenida. Objetivo é dar agilidade ao trânsito de acesso ao centro.

A extensão da Avenida Portugal até a PR-482, uma obra estruturante concebida para estimular o desenvolvimento de Umuarama com o investimento de R$ 4,9 milhões em recursos financiados junto ao governo do Estado e contrapartida municipal, ganhou ritmo nos últimos dias. Graças a um vídeo com a perspectiva do projeto, agora a população pode saber como a avenida vai ficar.

PUBLICIDADE

O prefeito Celso Pozzobom lembra que a obra é complexa. “Serão 27 mil m² de asfalto novo e recape para modernizar uma das rotas mais utilizadas pelo tráfego de Umuarama, e que atende vários bairros com alto índice populacional”, lembra. Apesar das grandes dimensões, a expectativa é que seja uma obra rápida.

“Esperávamos ver a avenida duplicada ainda no primeiro semestre de 2020, mas com o impacto da pandemia na economia, as medidas restritivas e as adequações que as empresas tiveram que fazer, muitas obras sofreram atraso. Aos poucos as obras estão sendo retomadas e ali na Portugal faremos um serviço de qualidade para durar muitos anos e desafogar o tráfego de caminhões”, destacou o prefeito, lembrando que o serviço é realizado pela Sotram Construtora e Terraplenagem.

O projeto foi elaborado de acordo com as características do tráfego que circula pela avenida. O objetivo é dar agilidade ao trânsito e uma nova opção de acesso entre o centro e a região que abrigará a nova rodoviária e o futuro shopping, já em fase de acabamento. “Queremos preparar aquela região para desenvolvimento e proporcionar mais segurança aos moradores que por ali circulam no seu dia a dia”, acrescentou Pozzobom.

A Avenida Portugal faz a ligação entre a Avenida Londrina, a rua Monteiro Lobato e as avenidas Rio Grande do Norte e Dr. Ângelo Moreira da Fonseca (que dão acesso à PR-580 e à divisa com o Mato Grosso do Sul) com as rodovias PR-482 e 323, que conectam Umuarama ao interior de São Paulo, a Curitiba e ao Porto de Paranaguá.

“Com sua nova configuração e pista duplicada, a avenida proporcionará uma melhoria substancial no acesso aos bairros populosos que existem ao longo do seu trajeto. A avenida também favorecerá a instalação de empresas de grande porte, com facilidades na mobilidade para o transporte de cargas. E algumas empresas já estão se mobilizando para iniciar a instalação”, acrescentou o diretor de obras Nélio Guazzelli. Ele também informou que o município pretende criar integração da Avenida Portugal com outras avenidas importantes da cidade, para distribuir melhor o fluxo de tráfego.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Veja também

Veículo preparado para o contrabando é apreendido pela PM em Lovat

A Polícia Militar prendeu um homem e apreendeu um veículo preparado para o...

Padrasto chega embriagado em casa e agride enteada com faca em Umuarama

Uma solicitação através do 190 informando uma ocorrência de violência doméstica em uma...

Motociclista é preso pela PM transportando cigarros contrabandeados

Uma equipe da Polícia Militar de Umuarama (PM) se encontrava em patrulhamento na...

Com 28 casos de Covid-19 confirmados, Umuarama chega aos 354 no total

Subiu para 354 o total de pessoas com Covid-19 em Umuarama, com a...

Prefeitura de Maria Helena divulga mais dois casos de Covid-19

O boletim divulgado pela Prefeitura de Maria Helena nesta sexta-feira (10),...

Polícia apreende cinco toneladas de carne vencida em Moreira Sales

Após denúncia feita ao Ministério Público, uma equipe da Polícia Ambiental...

Veículo preparado para o contrabando é apreendido pela PM em Lovat

A Polícia Militar prendeu um homem e apreendeu um veículo preparado...

Padrasto chega embriagado em casa e agride enteada com faca em Umuarama

Uma solicitação através do 190 informando uma ocorrência de violência doméstica...