UMUARAMA/ PR

Lanchonete manda espetinho cru a cliente que assediou funcionária

Lanchonete manda espetinho cru a cliente que assediou funcionária

O proprietário afirmou que, independentemente da funcionária ser sua esposa, ela não merecia ser tratada daquela forma.

Não há justificativa para assédio e o proprietário de uma lanchonete em Porto Velho (RO) deixou isso bem claro para um cliente. Pelo Whatsapp, a funcionária da Kverna do Urso Espetinhos perguntava qual o ponto da carne para um freguês.

PUBLICIDADE

“Boa noite, moço. Sou a Gaby, daqui da Kverna do Urso. Te ajudei a realizar o pedido agorinha. Porém, esqueci de te perguntar o ponto que gosta dos seus espetinhos de coração de galinha e das asinhas”, perguntou ela.

E recebeu esta resposta: “Olha, linda, se a galinha tivesse uma voz suave e gostosa como a sua, poderia ser até ‘crua’, se é que você me entende”. Com emojis, a mulher mostrou constrangimento, mas isso não impediu que o homem continuasse assediando-a. “Vou deixar você escolher o ponto pra mim, tá? Tenho certeza que você sabe o ponto certinho que eu gosto”, escreveu.

Pouco tempo depois, ele enviou a foto do pedido recebido e toda a carne estava crua. “Que p***** é essa? É sério isso? Cadê o dono dessa merda dessa empresa?”, reclamou. Foi quando o proprietário assumiu o discurso.

“Oi, eu sou o dono. Fico feliz que tenha recebido seu pedido conforme solicitou. Reza a lenda que essa galinha, antes de morrer, falou pó pó pó, com a voz suave e gostosa, se é que você me entende”, disse. Foi quando o freguês ameaçou de chamar a vigilância sanitária.

E recebeu uma lição na resposta: “Eu só queria que você soubesse que deve ter respeito pelas mulheres. A forma escrota e nojenta como você tratou minha colaboradora é o retrato lamentável do ser humano. Você deveria ter vergonha de existir. Quer que eu busque o prato de volta? Vou aí na sua residência em cinco minutos com a polícia e te fazer responder por assédio”.

Pelo Instagram, o proprietário afirmou que, independentemente da funcionária ser sua esposa, ela não merecia ser tratada daquela forma. “Gente, não é porque ela é minha esposa e sim porque ela é mulher. Quantas mulheres passam por isso todos os dias?”, questionou. Depois, ele foi uma nova publicação na rede social agradecendo pelo apoio.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Veja também

Morador de Francisco Alves é preso com mais de R$ 100 mil em SP

Durante fiscalização em frente a Base Operacional de Pardinho, foi abordado um bitrem...

Suspeito de furtar veículo em Umuarama é preso no Mato Grosso do Sul

A Polícia Militar de Maracaju, prendeu um homem na madrugada de segunda-feira (6)...

Pai é condenado a pagar R$ 50 mil a filho por abandono afetivo

Negligenciar deveres básicos inerentes à maternidade e à paternidade, como a falta de...

Confeiteiro humilhado por cliente ganha R$ 110 mil de vaquinha online

A deficiência física nunca foi motivo para Rafael Marciano, 32 anos, deixar de...

Prefeitura de Maria Helena divulga mais dois casos de Covid-19

O boletim divulgado pela Prefeitura de Maria Helena nesta sexta-feira (10),...

Polícia apreende cinco toneladas de carne vencida em Moreira Sales

Após denúncia feita ao Ministério Público, uma equipe da Polícia Ambiental...

Veículo preparado para o contrabando é apreendido pela PM em Lovat

A Polícia Militar prendeu um homem e apreendeu um veículo preparado...

Padrasto chega embriagado em casa e agride enteada com faca em Umuarama

Uma solicitação através do 190 informando uma ocorrência de violência doméstica...