UMUARAMA/PR

Vizinha matou menina de seis anos para se vingar da mãe da criança

Vizinha matou menina de seis anos para se vingar da mãe da criança

Amanda teve corda colocada no pescoço e foi afogada em um balde antes de ser jogada do segundo andar.

A mulher de 38 anos que confessou ter matado a menina Amanda Filgueiras Calais, de apenas 6 anos, em Divinópolis/MG, afirmou em depoimento que cometeu o crime porque acreditava que a mãe da vítima tinha denunciado a investigada no Conselho Tutelar da cidade.

A informação foi divulgada pela Polícia Civil durante uma coletiva que acontece na tarde desta sexta-feira (9) na cidade.  “A conclusão da causa morte foi afogamento. A Sarah tem um procedimento no Conselho Tutelar e, pensando que pudesse perder a aguardar da filha de 5 anos, resolveu se vingar da vizinha”, explicou o delegado Leonardo Pio.

v%C3%ADtima
Divulgação
CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A mulher contou à polícia que atraiu a criança para a sua casa, uma vez que a menina transitava livremente por ambas as casas. Então, entregou o telefone para que a própria filha se distraísse e não presenciasse o crime. Em seguida, levou Amanda para um cômodo e tentou estrangulá-la com uma corda.

“A vítima ficou desacordada, mas a Sarah percebeu que ela não morreu. Então, pegou a cabeça da criança e a mergulhou num balde, a matando por afogamento”, explicou o delegado. 

“É um crime muito bárbaro, que choca a população. Talvez seja o crime mais cruel que o Centro-Oeste presenciou nos últimos anos”, comenta. “Ela demonstrou total desamor, mas alega estar arrependida e ter se vingado da mulher”, fala.

De acordo com o delegado, foi descartada qualquer participação do filho da autora confessa, de 17 anos, no crime. “Foi aventada essa possibilidade, mas diante da investigação, podemos afirmar que o filho não participou”, disse.

Ela está sendo investigada, agora, por homicídio qualificado e por fraude processual. A pena pode susperar 30 anos se somados os dois crimes.

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

# Veja Também

Mais de 60% das crianças ainda não foram vacinadas contra a pólio

Desde o início da Campanha Nacional de Vacinação, no dia 5 de outubro...

Polícia Federal combate contrabando na fronteira com Paraguai

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (23) a Operação FREE PASS, com o...

Pai de médica desaparecida em Erechim nega pedido de resgate

O prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva, divulgou uma nota à imprensa a...

Bolivianos são flagrados na fronteira de MS com R$ 1,5 milhão

Nesta segunda-feira (19) a Receita Federal apreendeu R$1,5 milhão na fronteira entre Brasil...

# Mais Notícias

Homem é preso acusado de estuprar adolescente em Nova Cantu

Nas primeiras horas da última terça-feira (27) uma equipe policial se deslocou até Goioerê, onde efetuaram a...

Menino de dois anos morre após cair de sofá em Loanda

Uma criança de dois anos morreu na tarde de quinta-feira (29) em Loanda. Segundo a Polícia Militar...

Imigrantes achados mortos em contêiner pensavam que iam para Itália

Os sete imigrantes encontrados mortos dentro de contêiner de fertilizantes em Assunção, no Paraguai, pretendiam chegar a...

Mais de 60% das crianças ainda não foram vacinadas contra a pólio

Desde o início da Campanha Nacional de Vacinação, no dia 5 de outubro até hoje (26), apenas...