UMUARAMA/PR

Filho de empresário planeja e encomenda a morte do pai por R$ 10 mil

Filho de empresário planeja e encomenda a morte do pai por R$ 10 mil

Assassino contou que iria receber R$ 10 mil para matar empresário.

A Polícia Civil de Paranaguá, no litoral do estado, prendeu o jovem identificado como Luiz Felipe Alcalá, de 24 anos, acusado de encomendar a morte do próprio pai, Geovane Charlles Alcalá, 47. O crime aconteceu na tarde desta sexta-feira (20) na casa do empresário, no bairro Vila Divinéia.  As informações são do Agora Litoral.

De acordo com o delegado Nilson Diniz, após ouvir várias testemunhas – e o autor do homicídio, Rafael Anderson Kubiak da Veiga, de 23 anos, que afirmou que receberia de Felipe R$ 10 mil pela morte de Geovane – ficou clara a participação do filho na morte do pai.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

“No momento da sua oitiva [de Luiz Felipe], dei voz de prisão em flagrante pela prática de homicídio do próprio pai”, afirmou Diniz. O delegado disse também que Luiz Felipe preferiu permanecer calado no depoimento.

Para consumar o plano, Felipe Alcalá arquitetou um plano onde o atirador se passaria por um criminoso que invadiria a casa da família e mataria o empresário. Geovane tinha um revólver guardado na casa, mesma arma entregue pelo filho ao assassino para que o pai fosse executado.

Mentiras

Além de outros elementos, como o fato de Luiz Felipe ter mentido que o autor do homicídio teria fugido do local do crime (quando o mesmo estava escondido no forro da residência), o delegado ressaltou que havia troca de mensagens no celular de Luiz Felipe e Rafael.

FELIPE ALCALA INTERNA
Atirador, Rafael Veiga, e Felipe Alcalá – Foto: Arquivo pessoal

“Mesmo com o pai caído, morto no chão, ele não desceu para ver o pai. Permaneceu no andar superior, no mesmo andar onde se encontrava o autor do delito”, ressaltou Diniz, para quem o terceiro e principal dos elementos é o próprio celular do executor do crime (Rafael).

Ainda de acordo com o delegado, quando Rafael se encontrava no forro da casa, ele enviou diversas mensagens de texto para Luiz Felipe pedindo para ele tirá-lo de lá.

“Rafael chegou a pedir para uma terceira pessoa ligar para o Felipe e pedir para ele lhe ligar de volta. Tudo isso registrado no telefone do executor do crime”, disse Nilson Diniz.

Perplexidade

Geovane Charlles Alcalá e o filho, Luiz Felipe Alcalá, eram muito próximos. Nas redes sociais, Felipe sempre publicada fotografias ao lado do pai, especialmente em datas comemorativas.

FELIPE ALCALA 3
Felipe Alcalá e o pai em foto de fevereiro de 2018 – Foto: Reprodução / Facebook

Amigos da família estão perplexos com a confirmação da polícia sobre a participação do filho no homicídio. Há cerca de um mês, Felipe e Geovane teriam tido uma discussão feia, em plena Avenida Roque Vernalha. Segundo uma testemunha, o motivo seria a compra de um trailer de lanches feita pelo filho.

“Geovane parou o carro e gritou muito com Felipe; era a respeito de dinheiro, mas não deu pra entender direito”, afirmou uma pessoa em um grupo de WhatsApp. 

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

# Veja Também

Homem é preso acusado de estuprar adolescente em Nova Cantu

Nas primeiras horas da última terça-feira (27) uma equipe policial se deslocou até...

Menino de dois anos morre após cair de sofá em Loanda

Uma criança de dois anos morreu na tarde de quinta-feira (29) em Loanda....

UEM abre inscrições para o vestibular EAD nesta quarta-feira

A UEM abre, nesta quarta-feira (21) o prazo de inscrição para o Vestibular...

Jovem de 19 anos é morto a tiros dentro de casa, em Maringá

Um jovem de 19 anos foi morto a tiros dentro da casa onde...

# Mais Notícias

Homem é preso acusado de estuprar adolescente em Nova Cantu

Nas primeiras horas da última terça-feira (27) uma equipe policial se deslocou até Goioerê, onde efetuaram a...

Menino de dois anos morre após cair de sofá em Loanda

Uma criança de dois anos morreu na tarde de quinta-feira (29) em Loanda. Segundo a Polícia Militar...

Imigrantes achados mortos em contêiner pensavam que iam para Itália

Os sete imigrantes encontrados mortos dentro de contêiner de fertilizantes em Assunção, no Paraguai, pretendiam chegar a...

Mais de 60% das crianças ainda não foram vacinadas contra a pólio

Desde o início da Campanha Nacional de Vacinação, no dia 5 de outubro até hoje (26), apenas...