UMUARAMA/PR

Operação mira médicos suspeitos de reaproveitar materiais

Operação mira médicos suspeitos de reaproveitar materiais

Materiais como cateteres e outros equipamentos, eram utilizados em até 15 cirurgias.

A Polícia Civil do Paraná cumpriu mandato de prisão nesta manhã em Campo Mourão e pelo menos em mais duas outras cidades do estado, Ivaiporã e Francisco Beltrão, durante operação para combater o reaproveitamento de materiais cirúrgicos usados por médicos urologistas. A operação também se estende também no estado de Goiás, com buscas em Goiânia e Rio Verde.

Houve prisão em Campo Mourão, porém a Polícia Civil só vai conceder entrevista sobre o desenrolar da operação, em Curitiba. A operação acontece para cumprir 20 mandados judiciais em endereços relacionados a médicos urologistas do Paraná e Goiás.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Os alvos da ação são suspeitos de utilizar materiais cirúrgicos irregulares. Conforme apurou as investigações, cateteres e outros equipamentos, que deveriam ser descartados após uso único, eram utilizados em até 15 cirurgias.

WhatsApp Image 20191211 at 10.35.34
Foto: Divulgação/ PC

Além dos médicos, uma instrumentadora cirúrgica e a secretária de um dos profissionais também são alvos da operação. As investigações constataram que ambas tinham conhecimento da ilicitude dos procedimentos.

Autoclave

A ação é um desdobramento da Operação “Autoclave”, deflagrada no mês de setembro deste ano, no Interior do Paraná. Na ocasião, a PCPR desmantelou um grupo criminoso envolvido com a adulteração, através de esterilização ilícita, de materiais descartáveis já utilizados por médicos em cirurgias urológicas. A operação resultou na apreensão de um vasto material reprocessado.

Em continuidade às investigações, a PCPR constatou que esses equipamentos cirúrgicos eram vendidos a médicos urologistas do Paraná e Goiás, com claro conhecimento de sua procedência irregular. Os materiais reaproveitados eram utilizados em cirurgias de pacientes particulares, resultando num lucro muito maior aos cirurgiões.

Conforme apurado, materiais que possuem um custo de R$ 1,2 mil eram adquiridos pelos profissionais da saúde por R$ 250 a R$ 300 e reutilizados muitas vezes. Ressalta-se que todos os equipamentos eram completamente descartáveis e nenhum órgão responsável pela área autoriza esterilização e reuso dos mesmos.

Os alvos da ação devem ser indiciados por associação criminosa, falsidade ideológica de documento particular e adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.

O delegado Alexandre Macorin fornecerá o resultado e outros detalhes referentes à operação na Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor na manhã desta quarta-feira (11).

Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal, denuncie.

Veja também

Criança morre após ser ejetada de veículo que capotou em Guaíra

No final da tarde de domingo (18), por volta das 18h15, o Corpo...

Grávida sofre crise convulsiva e ela e o bebê morrem em Cascavel

Uma mulher grávida de 35 semanas morreu após sofrer uma crise de convulsão...

Acusado pela morte de Tábata Rosa é condenado a 41 anos de prisão

O julgamento foi realizado em Cascavel por medida de segurança. O crime ocorrido...

Após três anos, acusado de matar Tabata Rosa vai a julgamento

O julgamento de Eduardo Leonildo, de 33 anos,  acusado de matar Tabata Rosa,...

Mais notícias

Criança morre após ser ejetada de veículo que capotou em Guaíra

No final da tarde de domingo (18), por volta das 18h15, o Corpo de Bombeiros de Guaíra,...

Grávida sofre crise convulsiva e ela e o bebê morrem em Cascavel

Uma mulher grávida de 35 semanas morreu após sofrer uma crise de convulsão na noite de sábado...

Excesso de ciúmes motivaram fim de noivado de Luan Santana e Jade

O excesso de ciúmes de Jade Magalhães e a proximidade de Luan Santana e Giulia Be motivaram...

Bob Esponja: O Incrível Resgate chega ao Brasil pela Netflix em novembro

Bob Esponja: O Incrível Resgate, novo filme do clássico personagem da Nickelodeon, será lançado diretamente na Netflix. O longa,...